Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

Desejos

 

 

 

Apetece-me sentir

a chuva  a cair

permanecendo na cama

sem dela sair.

 

Apetecia-me colher

aquele ramo mais alto

da árvore da fantasia

e com ele decorar

cada momento

do meu dia.

Com pétalas de esperança

ramos de encantamento

e frutos de magia.

 

Apetecia-me

ter alma de poeta

para que pudesse escrever

numa frase curta

tudo o que sinto neste momento.

Sei que não consigo.

Só a eles lhe cabe

a arte e o engenho para tal.

 

Assim, apenas desejo

que a vontade e o sonho

não acabem em mim.

Se tal acontecesse

seria mesmo o meu fim.

 

Não sei se é certeza

se é sonho,

ou pura ilusão.

Mas,  por momentos

pressinto que estou a tocar

e a colher um desses raminhos

da tal árvore

com a minha mão..

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por luana às 00:19
link do post | favorito
|
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.posts recentes

. Trabalhar num TEIP

. Desvario..

. Infância Perdida

. Começa a cansar!...

. Má interpretação dos prof...

. Avaliação dos professore...

. Elogio ao beijo

. Maio

. Mudanças...

. Desejos

.links

.pesquisar

 

.favorito

. Memórias de Infância

. Comsentimentos

.arquivos

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds